PRORAD: prevenção precisa de tecnologia a favor da medicina

A prevenção é o melhor remédio. Quem nunca ouviu essa frase tão popular no Brasil e em qualquer outra parte do mundo? Não é à toa que os cidadãos de diversos países encaram os métodos preventivos dessa maneira. Prevenir doenças é sempre melhor do que tratá-las, tanto para o paciente quanto para os sistemas de saúde dos países. O Programa de Atualização em Radiologia e Diagnóstico Por Imagem (PRORAD) é especializado no assunto, já que lida diretamente com ferramentas que atuam na prevenção e no combate de enfermidades ainda em seu início.

O que é o PRORAD e qual sua importância?

O PRORAD é um programa destinado à atualização dos conhecimentos que tange toda a área de diagnóstico realizado por métodos que utilizam imagens. Ou seja, é uma maneira de auxiliar os profissionais da saúde a manterem suas técnicas, conhecimentos e arcabouços científicos pareados com as práticas atuais que abordam a mesma temática.

Através do PRORAD, os profissionais têm a oportunidade de se aprofundarem e de se especializarem em temas como:

– Trauma raquimedular;

– Ressonância magnética de corpo inteiro – técnicas, indicações e como interpretar;

– Estratificação de risco das lesões ovariana na ressonância magnética – O-RADs RM;

– Avaliação por imagem da pneumonite de hipersensibilidade – atualização;

– Gliomas em pediatria;

– Avaliação por imagem das doenças pleurais;

– Avaliação do coração e calcificações coronarianas na tomografia computadorizada de tórax;

– Aspectos de imagem dos meningiomas;

– Ultrassonografia dermatológica;

– Ressonância magnética do abdome com contraste hepato específico;

– Emergências na pelve feminina;

– Avaliação por imagem das lesões musculares no esporte;

– Ressonância magnética das mamas;

– Pneumonia em pacientes imunocomprometidos;

– O papel da imagem na avaliação da litíase urinária.

Apenas por base em todos os temas apresentados acima, dá para ter uma boa noção da importância de estudos como os que são oferecidos dentro do PRORAD. Afinal, é preciso lembrar que o diagnóstico precoce também funciona como método de prevenção. Diversas doenças tratadas em seu início são controladas e impede-se o aparecimento de vários outros problemas ainda mais graves.

Papel do diagnóstico por imagem é fundamental para tratamento e cura

Fica evidente a necessidade da atualização dos conteúdos quando falamos em diagnósticos por imagens. Doenças como Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES), por exemplo, afeta quase 65 mil pessoas no Brasil. Estima-se que 1 em cada 1,7 mil mulheres conviva com a doença no país. Ela é apenas um exemplo dentre as enfermidades que necessitam de diagnóstico precoce para que sejam identificadas e tratadas.

No entanto, a própria atual situação de pandemia demonstrou a importância das atualizações do diagnóstico por imagem. Em seu início, os pacientes com covid-19 eram enquadrados portadores do vírus por meio da análise de radiografias pulmonares, as quais eram decisivas para declarar o estado geral de saúde de cada um.

Tais feitos não seriam viáveis se as práticas e técnicas não fossem constantemente aperfeiçoadas e apreendidas. Diante deste cenário, buscar por programas como o PRORAD é mais do que apenas uma forma de aprimorar a carreira, é um ato de responsabilidade direcionada aos cuidados em Saúde.

Portal de notícias atualizado diariamente para você. Nossa curadoria de conteúdo é pensada exclusivamente para informar e entreter nossos leitores diários. Tenha a certeza de que em nosso portal de conteúdo, você terá sempre a melhor fonte de informação a sua disposição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

19 + cinco =