Mudanças de hábitos alimentares e na rotina são decisivos na saúde

Saiba como a forma de nos alimentarmos impacta diretamente na saúde

Ter uma alimentação saudável é essencial para mantermos nossa saúde e o bom funcionamento do nosso organismo. A mudança de hábitos e a reeducação alimentar são os primeiros passos para gradativamente regularmos a nossa alimentação.

Uma rotina regrada pode nos ajudar a evitar uma série de doenças, que, muitas vezes, estão relacionadas à má alimentação, como diabetes, colesterol alto, problemas no sistema digestivo, além de enfermidades que acometem o coração e, principalmente, a obesidade.

Conforme a pesquisa Vigitel 2021 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), realizada pelo Ministério da Saúde, foi apurado que cerca de 57,25% dos brasileiros estão com sobrepeso; já o índice de obesidade está em 22,35%, e segue em crescimento.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a obesidade pode ser fator de risco e desencadear várias doenças como diabetes, dislipidemias, doenças cardiovasculares, doenças do pulmão, distúrbios do sono, transtorno de humor, entre outras.

Com a correria do dia a dia, muitas pessoas vêm trocando as refeições por lanches, salgados e alimentos congelados, que possuem poucos valores nutritivos e são ricos em sódio e gordura, o que vem levando ao aumento das taxas de doenças relacionadas à má alimentação.

Uma das alternativas para evitar problemas com a saúde é focar em uma alimentação mais saudável e mais natural, com menos consumo de produtos ultraprocessados e embutidos, além de diminuir alimentos ricos em sal, açúcar, farinha e gorduras, pois são grandes vilões na nossa alimentação. É aconselhável evitar alimentos como linguiças, nuggets, salsicha, margarina, macarrão instantâneo e refrigerantes em excesso, por exemplo.

É importante sempre manter uma dieta balanceada, adicionando ao cardápio frutas, verduras, leguminosas e alimentos ricos em fibras. Carnes magras como peito de frango e peixes também são um bom substituto para carnes vermelhas mais gordurosas, e são ricas em proteínas, ajudam a trazer maior sensação de saciedade e na manutenção da chamada  massa magra do corpo. 

O modo como os alimentos são preparados também faz toda a diferença; diminuir a quantidade de óleo vegetal ao cozinhar e utilizar uma airfryerno preparo de alimentos, ao invés da fritura convencional, auxiliam no controle das taxas de colesterol.

Além da alimentação, ter uma noite de sono saudável, praticar exercícios físicos e beber água são pontos muito importantes para melhorar a qualidade de vida. Procurar um profissional da área, como um nutricionista, também pode ajudar a montar uma dieta balanceada, de acordo com as suas necessidades individuais, evitando possíveis doenças futuras.

Portal de notícias atualizado diariamente para você. Nossa curadoria de conteúdo é pensada exclusivamente para informar e entreter nossos leitores diários. Tenha a certeza de que em nosso portal de conteúdo, você terá sempre a melhor fonte de informação a sua disposição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete − 14 =