Saiba os erros de empreendedores iniciantes

Manter o seu próprio negócio é um grande desafio! Exige não apenas enorme dedicação dos empreendedores, mas também muito conhecimento de técnicas de gestão e comportamento do mercado.

Ao tratar de empreendedores de primeira viagem, esse cuidado deve ser ainda maior. Por isso, é importante buscar por um curso de empreendedorismo a distância, se possível e, assim, ter o maior repertório possível.

Para te ajudar, preparamos uma lista com 10 dicas para empreendedores de startups pensarem melhor sobre seus negócios e evitarem erros. Continue lendo!

O que é empreendedorismo?

De forma resumida, o empreendedorismo é a capacidade de idealizar, coordenar e executar projetos e negócios, ou seja, dar vida às novas ideias com o objetivo de produzir resultados, da visibilidade à rentabilidade.

Atualmente, o número de pessoas que estão abrindo seu próprio negócio vem aumentando cada dia mais. Especialistas dizem que este crescimento é devido a pandemia, pois diversas pessoas perderam seus empregos e, por isso, entraram no universo de negócios.

Por isso, é muito importante ter uma preocupação em estudar sobre gestão de startups e empreendedorismo digital para conseguir se manter no mercado e assim, aprender a como se posicionar online – afinal, é uma área quase que obrigatória.

Como o empreendedorismo gera boas oportunidades?

Em qualquer negócio, há uma grande chance de sucesso e um risco iminente de fracasso. Tudo depende das competências e da capacidade de liderar a gestão da melhor forma possível e de abordar adequadamente as oportunidades e os desafios.

Para potencializar ainda mais as habilidades, é indicado procurar por uma faculdade de gestão de vendas e, assim, aprender a prática das necessidades principais.

O empreendedorismo exige coragem e compreensão do negócio, pois a estratégia traçada deve ser totalmente fundamentada e diferenciada para enfrentar a competitividade do mercado.

Analisar o mercado, colocar-se no lugar do consumidor e entender as lacunas em determinadas áreas o ajudará a planejar melhor seus negócios e ter sucesso.

Os principais erros dos empreendedores

Os empreendedores iniciantes devem estar atentos às armadilhas do mundo dos negócios – ter talento por si só não é suficiente para garantir uma boa gestão e tomada de decisão.

Por isso, é preciso se atentar aos possíveis erros que podem vir a acontecer no começo. 

Entretanto, é importante dizer que, mesmo se preparando fazendo o melhor curso de gestão financeira, é inevitável acontecer imprevistos. Porém, existem alguns erros através de muita atenção e dicas.

Confira agora:

  1. Agir informalmente

Novos empreendedores tendem a conduzir suas atividades de maneira informal. O principal objetivo é a evasão fiscal, mas a verdade é que os negócios não podem crescer sem formalização.

Somente por meio do CNPJ é possível:

  • Emitir notas fiscais;
  • Abrir contas bancárias para pessoas jurídicas;
  • Usar máquinas de cartão de crédito;
  • Solicitar empréstimos públicos com juros mais baixos.

Sem contar que, em ambientes informais, suas atividades são sempre vistas como pouco profissionais e improvisadas. O que isto significa? Perder o mercado e as vendas!

Caso não tenha ainda muito conhecimento sobre essa temática, procure por um curso de gestão financeira online e aprenda mais sobre a importância dos processos formais. 

  1. Não ter um plano de negócios

Antes de iniciar qualquer atividade, os empreendedores devem elaborar um plano de negócios — uma ferramenta essencial para o sucesso de qualquer projeto.

É por meio dele que o empreendedor determinará as ações e metas a serem alcançadas no curto, médio e longo prazo.

Para crescer o seu negócio, você também precisa seguir o caminho para o sucesso. Esse caminho muitas vezes pode ser resumido como uma meta. Afinal, você não pode aproveitar uma oportunidade se não souber para onde quer ir.

Ao realizar um curso gestão de marketing e vendas é possível elaborar um plano de negócios e assim, começar no ramo do empreendedorismo com o pé direito.

Além de estabelecer prazos para o alcance das metas (que devem ser claras e específicas), também é importante definir valores para atingir as metas traçadas. Custo e tempo darão as dimensões da dificuldade e os passos para atingir a meta.

As estatísticas mostram que um terço das novas empresas brasileiras fecham um ano antes da conclusão por falta de planejamento.

  1. Falta de treino

Vamos imaginar que você é da área de RH e decide abrir uma empresa que presta serviços terceirizados para gestão de recursos humanos presencial.

A experiência no setor é importante, mas saiba que não é tudo. A maioria dos novos empreendedores acredita ser apenas com base no conhecimento técnico que eles podem levar a empresa adiante.

No entanto, isso é um erro! Se você não souber aplicar as técnicas corretas de gestão, os empreendedores arriscam ver seu negócio declinar.

Portanto, o segredo é unir o conhecimento com os conselhos e aprendizados de outros empreendedores para se treinar e ser um bom gerente.

  1. Despreparo financeiro

As maiores dúvidas dos pequenos e microempresários estão relacionadas à área financeira. Muitas pessoas vivem em completo caos financeiro, o que deixa muitas vezes as contas bancárias no vermelho.

A gestão financeira deve ser uma prioridade. Começando pela burocracia, que inclui o dinheiro necessário para abrir um novo negócio e pagar taxas e impostos, buscar orientação é fundamental.

Não entender de finanças é um erro grave que afeta a visualização de receitas e despesas.

O primeiro passo para corrigir esse problema é fazer o fluxo de caixa. Usando uma simples planilha, você pode controlar os valores de entrada e saída, incluindo previsões futuras. 

Dessa forma, o empreendedor terá total controle sobre a situação monetária e poderá planejar o crescimento saudável do negócio.

O contador é um dos profissionais que mais pode ajudar nessa etapa e também aconselhar sobre as melhores opções de estruturação de uma empresa para redução de custos tributários.

Para o desenvolvimento do negócio, deve prestar serviços orientados pela gestão da contabilidade societária para aumentar o registro de mais do que apenas dados legais.

É importante considerar esses detalhes ao procurar um escritório de contabilidade que possa ajudá-lo a gerenciar suas finanças.

  1. Dívidas pessoais

Este é um dos erros mais comuns cometidos por pequenas empresas. O caos patrimonial é caracterizado por empreendedores que utilizam recursos da empresa para pagar despesas pessoais, como contas de cartão de crédito, escola dos filhos e contas de moradia.

Os empresários devem estabelecer saques mensais, tecnicamente chamados de pró-labore, e tratá-los como salários.

A possibilidade de saques adicionais deve ser abandonada e os recursos devem ser aplicados na própria empresa para que ela possa crescer.

  1. Erros de cálculo de lucro e preço

Os empreendedores de startups também tendem a cometer muitos erros ao definir as margens de lucro e definir os preços dos produtos.

É muito comum os empresários venderem muito, mas reclamarem que não veem o dinheiro chegando até o final do mês.

Isso se deve a um erro de cálculo. Saiba que existe a tecnologia certa para definir margens de lucro e preços de produtos e serviços. Se você não os conhece, está na hora de rever as finanças da empresa!

  1. Não prestar a devida atenção ao fluxo de caixa

É importante conhecer o capital inicial e o fluxo de caixa da empresa. O valor da pesquisa sempre considera a perspectiva de retorno do investimento. Isso é muito valioso, principalmente para quem busca um parceiro ou investidor.

Não prestar atenção na quantidade desses dois pontos é um descuido e certamente não atrai pessoas dispostas a investir no seu negócio porque você não sabe como controlá-lo.

Para quem busca garantir o investimento, encontrar grupos com experiência na promoção de startups é uma ótima maneira de alcançar as pessoas certas.

Àqueles que dependem de apoio bancário, a dica é sempre avaliar as melhores opções de crédito e procurar a instituição bancária que oferece as menores taxas de juros.

  1. Falta de negociação

Corte custos e economize o máximo possível: empreendedores que pensam assim vão mais longe! Uma estratégia importante para aproveitar ao máximo seus recursos é negociar com os fornecedores.

Se você tiver um bom fluxo de caixa, poderá pagar as compras a granel em dinheiro, significando menos custo ao reabastecer e mais lucrativo ao vender. Por isso, sempre pesquise vários fornecedores e negocie com eles para encontrar o melhor negócio.

Para ajudar a ter um relacionamento ainda mais eficaz, procure por um curso gestão de pessoas a distancia e melhore a sua comunicação.

  1. Funciona sem gerenciamento de estoque

O gerenciamento de estoque também é um dos elementos essenciais do sucesso do negócio, seja virtual ou físico. Todo empreendedor deve lembrar que, se você vende, precisa entregar.

Por isso é tão importante saber exatamente quanto está disponível para cada item. Se você usa itens com vida útil curta, seus controles devem ser mais rígidos, pois corre o risco de grandes perdas se o estoque expirar na prateleira.

  1. Ignorar a inovação

Se você está começando um negócio, precisa inovar. É um trunfo que permite competir com empresas que estão no mercado há mais tempo. Não se preocupe, você não precisa reinventar a roda.

Pense em soluções criativas que proporcionem aos clientes uma vantagem diferenciadora. Destaque-se da concorrência e suas chances de sucesso aumentam.

Mesmo quando as metas são alcançadas, os empreendedores devem se livrar da complacência.

Não visar o crescimento significa perder para melhorar a concorrência. Investir em novos produtos, aprimorar processos, atualizar serviços, acompanhar tendências e desenvolver planos maiores são metas obrigatórias no dia a dia de qualquer empresa.

As novas metas devem ser pautadas por planos que facilitem o crescimento da empresa e evitem a estagnação da equipe e o sucesso do negócio.

Mantenha uma gestão de negócios que avalie constantemente as oportunidades de melhoria, seja entregando mais qualidade ou alcançando mais clientes.

A gestão também deve se estender à equipe, com o objetivo de manter a motivação para alcançar resultados. Esforce-se para ter um nome no mercado e mostrar para que serve sua marca. Querer assumir exige vontade, mas principalmente conhecimento.Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog It Business Fórum, site voltado para a veiculação de conteúdos relevantes sobre negócios, startups e estratégias para pequenas, médias e grandes empresas.

Portal de notícias atualizado diariamente para você. Nossa curadoria de conteúdo é pensada exclusivamente para informar e entreter nossos leitores diários. Tenha a certeza de que em nosso portal de conteúdo, você terá sempre a melhor fonte de informação a sua disposição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × dois =