Rock in Rio: Qual a importância do festival para o país

No mês de Setembro ocorre um dos maiores eventos musicais do planeta o Rock in Rio, esse festival extremamente tradicional reúne cerca de 7 dias de música dividido em duas semanas e trazendo atrações nacionais e internacionais, como Justin Bieber, Coldplay, Iron Maiden, Guns Roses, Dua Lipa, Demi Lovato, Post Malone, e muito mais. 

Como o próprio nome já diz, o Rock In Rio é um evento voltado para bandas de rock internacionais, porém, nos dias de hoje, grandes nomes da música pop também fazem parte do imenso plantel do evento. Não é nenhum exagero afirmar que esse é o maior festival de música que temos no Brasil, e um dos maiores do mundo. 

O impacto do Rock In Rio é muito maior do que você pode imaginar, a importância dele para o Rio de Janeiro e para o nosso país é acima do que você pensa, então no texto de hoje, nós não iremos falar sobre marketing para indústria, iremos falar sobre a importância do Rock In Rio para o Brasil e quais os impactos que o festival tem no nosso país, preparados? Vamos lá!

O que é e como surgiu o Rock In Rio?

Bom, antes de explicarmos todo o impacto que ele causa dentro do nosso país, é preciso explicar o que é e como surgiu o Rock In Rio, ele é um festival de músicas que reúne artistas nacionais e internacionais, idealizado pelo empresário brasileiro Roberto Medina, tendo a sua primeira edição realizada no ano de 1985. 

Como o próprio nome já indica, sua primeira edição foi idealizada no Rio de Janeiro, e contou com nomes de peso do rock internacional como Queen, Iron Maiden e Scorpions. Durante toda a sua existência, o Rock In Rio teve 20 edições, sendo oito no Brasil, oito em Portugal, três na Espanha e uma nos Estados Unidos. 

O festival ocorre de forma praticamente anual, revezando entre Rio de Janeiro e Lisboa, para se ter uma noção, de 2015 para cá foram 4 edições do Rock In Rio, todas realizadas no Parque Olímpico. 

Sucesso e público no Rock In Rio

A última vez que tivemos um festival de Rock In Rio foi no ano de 2019 e o seu sucesso foi estrondoso, essa foi a vigésima edição do festival que contou com mais de 300 horas de música e cerca de 700 mil visitantes ao longo dos seus sete dias de evento. 

Números impressionantes não? Realmente o marketing de relacionamento trabalhado foi forte mas não para por aí. O espaço onde o evento foi realizado, possuía cerca de 385 mil metros quadrados, com mais de 17 áreas espalhadas por todo o parque olímpico, com mais de 250 atrações. 

A média das notas dadas de aprovação pelo público foi de cerca de 9,3, atingindo quase a excelência, enquanto o dinheiro movimentado durante o festival chegou a ser de R$ 1,7 bilhão na cidade do Rio de Janeiro, gerando mais de 25 mil empregos e recebendo mais de 60% do público dos 700 mil visitantes vindo de fora da cidade. 

Artistas e impacto musical

Como vimos acima, os números do Rock In Rio são realmente absurdos, gerando uma movimentação econômica absurda para o Rio de Janeiro e para o Brasil de maneira geral, atraindo turistas não só de outras cidades mas também de outros países que buscam presenciar esse grande festival e ver de perto, artistas com uma enorme representatividade mundial.

A grande gama de cantores presentes nos palcos do Rock In Rio sem dúvidas é um ponto que faz os holofotes do mundo inteiro estarem voltados para o Brasil. Os astros mais famosos do rock, como Iron Maiden e Guns Roses e até mesmo, nomes em alta no pop e no rap, como Drake, Justin Bieber, Imagine Dragons, Bon Jovi, e até mesmo artistas nacionais consagrados como Capital Inicial, Ivete Sangalo, Anitta, Alok, enfim, são centenas de artistas reunidos em um só lugar, realmente algo impressionante e marcante para qualquer pessoa. 

Afinal, qual a sua importância para o Brasil?

Assim como o branding industrial tem um impacto extremamente positivo em uma indústria, o Rock In Rio no Brasil possui um papel fundamental dentro da nossa economia, a começar pela movimentação absurda de dinheiro que ocorre no período do festival, em 2019 foram cerca de R$ 1,7 bilhões e para 2022 são estimados cerca de R$ 2 bilhões, algo muito fora da curva que ajuda demais o nosso país. 

Além disso, ter tantos artistas talentosos durante uma semana, atrai os holofotes do mundo inteiro para o Brasil, gerando maior reconhecimento e fazendo com que nossa imagem seja refletida de forma positiva internacionalmente. 

Por fim, o Rock In Rio é um lugar de possibilidades, gerando novos empregos, realizando sonhos de fãs, e fazendo com que todas as pessoas consigam se conectar através da música, pegando artistas variados e agradando a diferentes pessoas e gostos. 

Agora conte para gente nos comentários, você já foi ou já pensou em ir ao Rock In Rio? Não esqueça de compartilhar esse texto com seu amigo que sonha em ir para o festival, até a próxima. 
Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.

Portal de notícias atualizado diariamente para você. Nossa curadoria de conteúdo é pensada exclusivamente para informar e entreter nossos leitores diários. Tenha a certeza de que em nosso portal de conteúdo, você terá sempre a melhor fonte de informação a sua disposição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × 3 =