Portfólio de redator freelancer: como montar o seu?

No momento em que for contratar um redator, muitas empresas tendem a pedir o portfólio que mostra melhor sobre os projetos que já foram realizados pelo especialista, quais são os seus cases de sucesso. O portfólio reúne os principais trabalhos realizados por um profissional.

Caso esteja começando no ramo e ainda não sabe como montar um portfólio de redator freelancer, neste conteúdo de hoje, a gente separou algumas dicas primordiais que irão te ajudar com isso. 

Portanto, se quiser saber mais, basta que continue a leitura aqui conosco porque separamos um guia completo. 

Veja as principais dicas para montar portfólio de redator freelancer

Confira, abaixo, quais são as principais dicas que separamos neste conteúdo de hoje que irão te ajudar a montar o seu portfólio de redator freelancer. 

1. Caso não tenha case de sucesso, crie um

Está começando e ainda não tem nenhum case de sucesso? Então calma! Ainda há a possibilidade de criar um. Para isso, você pode baixar aplicativos como o 99Freelas, que irão te ajudar a encontrar o seu primeiro cliente. 

Se preferir, pode fazer preços mais em conta ou com super descontos, essa é uma forma de chamar a atenção de quem está contratando e deseja economizar. Ao fazer preços mais em conta, você atrai mais projetos e há mais chances de fechar negócios. 

Você também pode se prontificar para realizar alguns trabalhos gratuitos no primeiro mês apenas como forma de reunir alguns deles em seu portfólio e ganhar a experiência necessária para começar no ramo.

 Trabalhar um ou dois meses como se fosse estagiário pode te ajudar a aprender melhor sobre o que é SEO e vários outros aspectos interessantes. 

2. Cobre preços mais em conta pela experiência 

Outra dica de ouro para quem está começando a trabalhar como redator freelancer e ainda não sabe como montar um portfólio no ramo é cobrar preços mais em conta. 

Não há como trabalhar de graça a vida inteira, no entanto, cobrar preços absurdos como se fosse um especialista mesmo tendo os conhecimentos de um anunciante também não é uma boa alternativa. 

Como dito anteriormente, cobrar preços mais em conta faz com que os clientes se sintam tentados a fechar o negócio com você. 

3. Cursos

Hoje em dia existem diversos cursos que abordam mais sobre a criação de conteúdo, otimização de textos para WEB e vários outros fatores. 

Você fazer alguns deles irá te garantir  sucesso na sua prestação de serviços, ainda mais no momento de atrair alguns clientes, porque mostra que você está se especializando na teoria e que está pronto para começar a colocar este conhecimento em prática. 

Mas, quais cursos devo fazer? Bem, hoje em dia existem vários deles. 

No entanto, a Rock Content vem sendo uma das mais conhecidas, visto que oferta cursos de revisão de conteúdo para WEB, criação de conteúdo, marketing de conteúdo, inbound marketing, outbound marketing, email marketing, criação de conteúdo para redes sociais e muito mais. 

Existem tantos  cursos pagos quanto gratuitos, cabe a você identificar qual deles melhor se encaixaria no seu perfil. 

4. Diversifique

Um editor pode produzir diversos tipos de conteúdos, desde textos para os mecanismos de buscas quanto ebooks ou email marketing. Por isso, você deve diversificar em suas produções e colocar tudo isso em seu portfólio para mostrar aos clientes que pega uma enorme gama de serviços. 

No seu portfólio, coloque uma quantidade maior de diversidades, por exemplo um texto para web, uma notícia, um ebook, um e-mail marketing, uma página de vendas que já escreveu. Use a sua criatividade! 

O seu portfólio de redator freelancer deve conter um bom design para que atraia visualmente  desperte o interesse de quem está o acessando. 

5. Sem senhas ou solicitações

Você possui um portfólio de redator freelancer em um docs e os clientes precisam solicitar para ter acesso a ele? Esse pode ser o seu maior engano! Entenda porque você não deve fazer isso: 

  • O cliente considera fechar com mais pessoas além de você. 
  • Neste meio tempo em que não aprova a solicitação para editar o portfólio, ele pode encontrar um mais interessante ou com preço que seja mais agradável para o seu projeto. 
  •  O cliente está observando tantos portfólios que se esqueceu do seu, por isso, se você liberar o acesso algumas horas depois, ele pode não ter mais interesse em ver o que tem para apresentar a ele. 
  • Opte por usar um docs que a permissão de acesso já está disponível para qualquer pessoa que tentar acessar. 

E então, tem mais alguma dúvida sobre como montar um portfolio de redator freelancer? Comente conosco para que possamos te ajudar e, claro, não esquece de vir conhecer maus textos em nosso blog, temos muitos conteúdos interessantes.

Portal de notícias atualizado diariamente para você. Nossa curadoria de conteúdo é pensada exclusivamente para informar e entreter nossos leitores diários. Tenha a certeza de que em nosso portal de conteúdo, você terá sempre a melhor fonte de informação a sua disposição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × 3 =