O bruxismo tem relação com dor de cabeça e pescoço?

O bruxismo é o ato inconsciente de ranger ou apertar os dentes excessivamente. Apesar de poder ocorrer em qualquer horário do dia, é mais comum que o ato aconteça à noite durante o sono, sendo denominado “bruxismo noturno”.

O que faz com que essa condição ocorra, é a tensão causada pelos músculos da mastigação, o que provoca sintomas como:

  • Dor muscular;
  • Dor de dente;
  • Quebra dos dentes;
  • Desgastes dentários;
  • Dor de cabeça pela manhã;
  • Limitação da abertura de boca;
  • Hipertrofia dos músculos faciais.

Normalmente, o bruxismo é causado por fatores psicológicos, como a ansiedade e a depressão, mas outros fatores genéticos ou respiratórios também podem estar associados com a condição. 

Ao identificar qualquer um desses sintomas, marque uma consulta com um dentista através do seu plano odonto empresarial. Somente um profissional será capaz de identificar a causa e indicar o tratamento adequado.

Quer saber mais sobre bruxismo? Continue lendo.

A relação da dor de cabeça e pescoço com o bruxismo

Um dos sintomas mais comuns causados pelo bruxismo são as dores musculares.

As estruturas musculares do pescoço e o músculo temporal – que estão envolvidos no processo de mastigação -, também estão diretamente ligados ao bruxismo.

A cefaléia, popularmente conhecida como dor de cabeça, é uma condição normal que pode acometer pessoas de todas as idades e, em especial, as mulheres. Quando relacionada com o bruxismo, ela causa uma pressão na região das têmporas.

Essa dor de cabeça pode ser confundida com a cefaléia migrânea, conhecida como enxaqueca, caracterizada por uma dor que afeta apenas um dos lados da cabeça e que apresenta piora quando a pessoa realiza exercícios físicos e tem exposição direta à luz. 

Para saber se a sua dor de cabeça está ligada ao bruxismo, é preciso utilizar seu plano odontologico para empresas e marcar uma consulta com um dentista, ele saberá avaliar a sua condição e distinguir a origem da sua dor de cabeça.

Assim como a dor de cabeça, a dor no pescoço também pode estar ligada ao bruxismo, isso porque o estiramento destes músculos é o que resulta na lesão mais comum devido a essa condição.

Diante disso, ocorre o estiramento do do pescoço, o que limita os movimentos da cabeça e provoca dores que podem ir de leves a intensas e durar por vários dias. 

Para avaliar essa condição, também é preciso verificar a disponibilidade no seu plano empresarial odontologico para marcar uma consulta com um dentista especialista no assunto.

Os tratamentos disponíveis para o bruxismo

O bruxismo é uma condição que não tem cura, porém, é possível realizar tratamentos para aliviar os sintomas e os desgastes nos dentes causados por ela.

Confira a seguir 3 tratamentos que podem te ajudar a controlar o bruxismo.

  1. Placa para bruxismo

As placas para bruxismo são macias e maleáveis e se assemelham com as utilizadas para realizar o tratamento de clareamento dental. A utilização dela é indicada para os casos menos graves de bruxismo, que é quando o paciente sente dores suportáveis.

Por isso, ela é indicada para os casos em que há desgastes nos dentes, pois além de evitar essa condição, ela consegue diminuir a força muscular, o que gera a desprogramação neuromuscular.   

Para saber se esse tratamento é indicado para o seu caso, procure por um profissional de odontologia no seu plano odontologico pme.

Existe a versão da placa para bruxismo feita em acrílico, sendo mais rígida, é recomendada para casos graves, nos quais as dores em toda a mandíbula, cabeça e pescoço se tornam insuportáveis com o passar do tempo, gerando também incômodo nas próprias dentições.

  1. Uso de medicações

O uso de medicações vai depender da intensidade da dor.

Entre os medicamentos que podem ser utilizados para tratar o bruxismo, estão os analgésicos, anti-inflamatórios e relaxantes musculares.

Contudo, quando há a presença de dor de cabeça ou pescoço relacionadas ao bruxismo, deve-se procurar um profissional da odontologia e nunca se automedicar.

  1. Consumo de alimentos macios e compressas quentes

Consumir alimentos macios, como cremes e sopas, irá ajudar a poupar os músculos doloridos, principalmente para as pessoas que estão em fases mais agudas do bruxismo.

Já o uso das compressas quentes, podem agir como analgésico e melhorar ainda mais a ação dos medicamentos.

Sempre procure tratamento com profissionais

Independente da origem do seu bruxismo, o passo mais importante para começar a tratar a condição é marcar uma consulta no seu plano dental para empresa com um dentista. 

Somente um profissional será capaz de diagnosticar e tratar o bruxismo adequadamente.

Outras ações que podem ajudar no tratamento é o controle do estresse e ansiedade, além de eliminar hábitos parafuncionais, como roer unhas e mascar chicletes, pois são fatores que intensificam as lesões e as dores musculares.
Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Portal de notícias atualizado diariamente para você. Nossa curadoria de conteúdo é pensada exclusivamente para informar e entreter nossos leitores diários. Tenha a certeza de que em nosso portal de conteúdo, você terá sempre a melhor fonte de informação a sua disposição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 + 10 =