Entenda sobre Indicadores de desempenho para E-commerce e qual sua importância

Os gestores de lojas virtuais precisam de ferramentas para monitorar o sucesso delas em tempo real. Isso é possível com os indicadores de desempenho para E-commerce.

Entre as várias vantagens do marketing digital, a oportunidade de acompanhar em tempo real o sucesso ou fracasso de estratégias é, sem dúvida, uma das maiores.

Escolher bons indicadores para basear a atuação virtual é dar um passo além, e consagra uma referência no mercado.

Se você ainda não tem familiaridade com o assunto, confira esse material para entender o papel que os indicadores de desempenho exercem dentro do e-commerce.

Também trouxemos  neste artigo detalhes sobre indicadores para sites e indicadores para redes sociais e as principais ferramentas de monitoramento.

Compreenda o conceito de indicadores de desempenho

Um indicador de desempenho é um dado quantitativo que diagnostica a performance da empresa de engenharia civil em qualquer setor.

Com “setor”, queremos dizer qualquer estratégia, plataforma, característica ou aspecto que faça parte do fluxo produtivo dela.

Pode ser:

  • Campanha publicitária;
  • Postagens nas redes sociais;
  • Número de itens produzidos;
  • Qualidade das entregas realizadas.

Todo indicador deve ser escolhido de acordo com as metas propostas pela gerência da empresa. Ou seja, nenhum dado numérico descontextualizado promove qualquer vantagem por si só.

O indicador tem que ser coerente com o tipo de objetivo que a administração de condomínios em São Paulo deseja alcançar.

Os pilares do e-commerce

Para compreender onde os indicadores de desempenho se inserem na realidade de um e-commerce, vamos explicar o que é um e-commerce por excelência.

Em linhas gerais, e-commerces ou lojas virtuais são empreendimentos que comercializam produtos ou serviços online (exclusivamente ou não).

Desse modo, todo e-commerce tem que apresentar diferenciais para um público pré-determinado. Isso inclui identificar demandas, desenvolver produtos inovadores e diagnosticar as necessidades do público-alvo.

Há, ainda, a escolha da plataforma a ser usada para tornar a loja acessível. Toda a experiência de compra, desde a visita ao catálogo até o pagamento, é influenciada pela plataforma utilizada.

As estratégias de logística servem para planejar com antecedência como e em quanto tempo o portão de alambrado será enviado para a casa do cliente.

O marketing digital entra em cena para divulgar a empresa de forma atrativa e agregadora, seja por meio de marketing de conteúdo, anúncios ou qualquer outra estratégia pertinente.

Por fim, o atendimento deve ser humanizado e rápido para que as conversões ocorram com fluidez.

Os principais indicadores de desempenho para e-commerce

Cada loja deve escolher os indicadores mais convenientes. No entanto, é sempre bom conhecer os mais utilizados no mercado.

É isso que você vai descobrir se continuar a leitura deste post.

Quantidade de visitantes

O número de pessoas que acessam o e-commerce de laje protendida é o primeiro dado a se identificar depois de investir em marketing digital.

Afinal, quanto mais visitantes, maiores são as chances de conversão – e vice-versa.

O objetivo primário de diversas ações de marketing é, justamente, levar uma pessoa a clicar no link e navegar pelo site.

Esse primeiro contato é primordial para reter e captar a atenção do visitante.

Quantidade de vendas

A taxa de produtos vendidos ou serviços contratados em certo período é o que determina a saúde financeira do negócio, em grande medida.

É importante ter controle sobre esse indicador para conseguir identificar eventuais dificuldades antes de elas começarem a prejudicar o negócio verdadeiramente.

Todo empresário quer aumentar a margem de lucro. Para isso, aumentar as vendas é a receita ideal.

Custo de aquisição do cliente (CAC)

Cada consumidor convertido demanda um gasto específico. O total monetário que a manutenção de elevadores emprega para converter um visitante é o CAC.

O cálculo do custo de aquisição de clientes pode ser feito somando o valor total investido e dividindo esse valor pela quantidade de clientes convertidos.

A partir do CAC, o empreendedor é capaz de identificar quais estratégias deram mais resultado e quais devem ser aprimoradas ou abandonadas.

Retorno sobre investimento (ROI)

Cada tipo de estratégia de marketing é adotada com um objetivo em mente. Posteriormente, é necessário verificar se esse objetivo foi alcançado.

O ROI serve para fazer esse diagnóstico. Subtraia o retorno obtido do total investido na estratégia. Depois, divida o valor resultante pelo total investido. Multiplique o resultado por 100 para obter a porcentagem do ROI.

Certificar-se de que propagandas virtuais ou marketing de conteúdo estão realmente trazendo benefícios faz toda a diferença para o presente e o futuro dos projetos de arquitetura.

Ticket médio

É a média de valor que cada cliente gasta com produtos do seu e-commerce. Ele equivale ao faturamento total da empresa dividido pela quantidade de pedidos de um período previamente determinado.

É interessante observar o ticket médio em conjunto com o CAC. Se o valor do CAC é superior ao ticket médio, significa que o e-commerce gasta mais com conversão do que os clientes em si.

Taxa de abandono de carrinho

Você provavelmente já entrou em um site, colocou vários produtos no carrinho mas nunca fez o checkout.

Existem várias motivações por trás disso. Pode ser uma desistência por conta do valor do frete, formulários de checkout muito longos, insegurança ou puro esquecimento.

A taxa de abandono de carrinho quantifica esse tipo de interação com um dado percentual.

Basta dividir a quantidade de visitantes que não completaram uma compra com a quantidade de visitantes que finalizaram o checkout.

Quando essa taxa se revela alta demais, é pertinente pensar em formas de melhorar a prestação de serviços. As técnicas de remarketing são ótimas para voltar a engajar consumidores desse tipo.

Taxa de rejeição

Há também quem entre no site da loja de plataforma elevatória preço e saia da página sem fazer qualquer aquisição.

Essa informação pode ser monitorada pelo Google Analytics, na aba “Público”. As razões por trás dela também precisam ser identificadas.

Baixa velocidade de carregamento, layouts pouco funcionais e janelas pop-up invasivas são alguns motivos recorrentes para taxas de rejeição altas.

Quais são os benefícios dos indicadores de desempenho para e-commerce?

Caso você ainda esteja pouco convencido da importância de calcular e acompanhar todos esses indicadores, não pare por aqui.

Continue com a gente para entender de uma vez por todas o que esses dados representam em termos de sucesso financeiro e fidelização de clientes, entre outros fatores imprescindíveis para um negócio de qualidade.

Permite mudanças rápidas

Imagine que a empresa de gestão de condomínios decidiu começar a investir em marketing digital.

A primeira medida é elaborar uma campanha de mídia paga. Depois de uma semana, os acessos ao site não aumentaram e o dinheiro continua aplicado na estratégia.

Quem conhece e usa indicadores de desempenho tem condições de saber quando uma ação não está produzindo o efeito que se deseja.

A partir daí, a equipe de marketing fica livre para modificar a campanha ou cancelá-la.

Reduz custos

Esse benefício é resultado direto do que acabamos de explicar no tópico acima. Se a performance da empresa é facilmente quantificável, também é fácil saber como agir para melhorar.

Desde reconfigurações de campanhas ou baixos índices produtivos até treinamento de colaboradores, tudo é impactado pelos insights que os indicadores fornecem.

Nenhuma marca pode se dar ao luxo de ficar para trás por conta de falhas facilmente resolvíveis. Os indicadores têm um papel fundamental nisso.

Identifica o comportamento dos consumidores

Fazer o monitoramento de indicadores também auxilia muito no estudo das preferências de cada cliente.

A qualidade de segmentação é um dos maiores segredos do marketing feito de maneira correta.

Saber exatamente que tipo de formato e conteúdo funciona para uma faixa de público é um diferencial que todas as empresas buscam desenvolver.

O público é cada vez mais exigente. Ele não para de ser bombardeado por ofertas todos os dias, em todas as páginas da internet.

Por isso, não dá para perder tempo com segmentações erradas ou pouco efetivas.

Otimiza o orçamento

Graças ao cálculo de indicadores pré-determinados, executivos são capazes de identificar novas tendências e fazer projeções.

Se um dos produtos mais vendidos no e-commerce está começando a ser menos comercializado, é tempo de identificar o que pode estar causando isso.

O orçamento destinado à divulgação deve ser redirecionado para práticas que reacendam o interesse pelo item.

Ou, então, talvez seja a hora de começar a investir em um novo produto. Ter esse timing faz toda a diferença.

Conclusão

Trabalhar com indicadores de desempenho traz muito mais segurança e assertividade para o e-commerce.

Especialmente em um ambiente mercadológico cada vez mais marcado pela velocidade no surgimento de novas tendências.

Pensando nisso, alinhe suas estratégias e ferramentas a indicadores que façam sentido para o seu negócio.Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Portal de notícias atualizado diariamente para você. Nossa curadoria de conteúdo é pensada exclusivamente para informar e entreter nossos leitores diários. Tenha a certeza de que em nosso portal de conteúdo, você terá sempre a melhor fonte de informação a sua disposição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

onze + 8 =