Como fazer um planejamento estratégico para startups

Toda empresa precisa de um planejamento antes de começar. Entretanto, com as startups, isso deve ser feito com uma maior agilidade, já que dependendo da forma que é feita, o seu crescimento pode vir com muita rapidez.

Uma estratégia bem feita em uma startup é o segredo e a importância do sucesso. Ao fazer isso com um auxílio de um sistema de crm é bem mais provável essa chance, já que a partir disso, se conhece toda a jornada dos potenciais clientes.

Como fazer planejamento estratégico para startup?

Fazer um planejamento estratégico para uma startup é o segredo do sucesso, pois com isso, tudo que é planejado de forma correta tende a colher bons frutos.

Uma ferramenta que dispõe de um planejamento de estratégias de uma startup é a base de qualquer negócio, pois a partir dele, é detalhado todas as etapas do início ao fim para atingir metas em que é permitido olhar o futuro do empreendimento.

Geralmente, nas startups temos um cenário de incertezas, sendo uma forma mais desafiadora em que o modelo de negócios não têm previsibilidade igual nas empresas comuns.

Uma startup necessita estar sempre disposta a mudar seus caminhos de acordo com a reação do mercado. Com isso, é possível um planejamento pensando em todos esses pontos, tendo então mais dinamismo e flexibilidade. 

Desse modo, é importante ter um plano de negócio que esteja desenvolvendo as melhores estratégias a partir do crescimento das startups. Portanto, vai evoluindo sempre os objetivos para um melhor crescimento empresarial.

Para um melhor resultado, é preciso fazer uso do app funil de vendas para entender sobre o caminho que os leads fazem dentro da sua empresa. Com isso, montam as melhores estratégias para evolução do negócio.

Importância do planejamento estratégico para startup

Caso queira manter uma startup para conseguir manter o sucesso e a qualidade, é preciso de um bom planejamento estratégico.

Os principais motivos da falência de algumas startups vêm da falta de planejamento e do empreendedor não manter uma boa prática de administração.

Com um crm de vendas, é possível fazer um planejamento no qual entenderá todas as necessidades dos seus potenciais clientes. Com isso, sua empresa vai crescer juntamente com a qualidade entregue aos consumidores.

A importância do planejamento estratégico para uma startup é essencial, pois é com elas que os objetivos serão atingidos durante toda a trajetória da empresa.

Com esses planos estratégicos, é possível alcançar novos nichos de mercado, posicionando a marca de uma forma que garanta algo único para os potenciais clientes, captando novos investimentos.

Exemplos de planejamento estratégico para startups

Antes de entender como fazer um planejamento estratégico, é preciso pensar em modelos que já deram certo em outras startups, como por exemplo o uso de: 

  • Lean startup;
  • Get big fast.
  • OKR;
  • Canvas. 

As startups da lean startup são as mais utilizadas em pequenas empresas que levam as soluções no mercado por métodos ágeis. 

Com isso, deixa o custo de investimento mais baixo e consegue construir novos produtos e serviços através dos feedbacks dos compradores.

A get big fast é uma estratégia que visa buscar primeiro o aumento dos clientes antes de pensar na lucratividade, conquistando todos os consumidores possíveis no mercado e se destacando da concorrência.

Já o Canvas e OKR (Objective and Key Results) ou traduzindo, Objetivos e Resultados-Chave, é uma metodologia que tem como principal objetivo uma gestão simplificada e de agilidade.

Assim, o seu foco principal é trazer o engajamento entre os funcionários, aumentando seus índices de produtividade da startup.

Como fazer um planejamento estratégico para startups

Antes de investir em um planejamento estratégico, é preciso conhecer o seu público-alvo juntamente com um crm para entender todas as necessidades e caminhos que os seus leads fazem dentro da sua startup mantendo seus objetivos claros. 

Com isso, é possível analisar alguns pontos, como :

  • Tenha definido os objetivos e visão;
  • Faça uma análise de mercado e público-alvo; 
  • Valide a sua ideia;
  • Crie um plano de ação; 
  • Monitore os resultados da startup.

O primeiro passo antes de planejar estrategicamente qualquer coisa para uma startup é definir objetivos que sejam claros e que tenham uma visão em médio prazo ou  menos.

Desse modo, coloque um objetivo criando uma meta de quantos produtos e serviços pretende vender. Com isso, consequentemente, esses números sobem.

Para isso, é preciso pensar grande e colocar uma meta definida do que sua empresa quer se tornar daqui um tempo, seja em meses ou em anos.

Analise o mercado e o público-alvo, a partir da criação de uma persona e da utilização do pipeline de vendas

Pesquise a concorrência, tendências e características do mercado em que sua startup está inserida. 

Tenha um diferencial, fazendo uma pesquisa de mercado aprofundada, entendendo se as pessoas irão pagar pelos seus serviços e se atendem às demandas da concorrência. 

A partir disso, crie um plano de ação estruturado com planos, metas e ações de marketing. Após todo o planejamento estratégico, mostre os resultados e veja o desempenho de cada ação. 

Agora, caso veja que não está dando tão certo quanto o esperado, mude as estratégias.

Dessa forma, você terá dinamismo para fazer os seus planos acontecerem dentro da sua startup obtendo êxito e crescimento empresarial.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Markplan, site voltado 

para a veiculação de conteúdos relevantes sobre estratégias de negócios, pensados para abranger informações e novidades relacionadas aos maiores segmentos empresariais.

Portal de notícias atualizado diariamente para você. Nossa curadoria de conteúdo é pensada exclusivamente para informar e entreter nossos leitores diários. Tenha a certeza de que em nosso portal de conteúdo, você terá sempre a melhor fonte de informação a sua disposição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 − 11 =